Home » O governo prorroga o confinamento até 15 de junho

O governo prorroga o confinamento até 15 de junho

Publicado em 30 de maio de 2020 às 22:59

A reunião desta sexta-feira do Vice-Presidente da República com o Comité Político serviu de estrutura para a decisão de confinamento a nível nacional, que foi porolongado até 15 de junho. Decisão que surge como resultado da reunião que o Vice-Presidente da República realizou na quinta-feira com o Comité Técnico, onde foi informado sobre a situação do coronavírus no país. De acordo com os especialistas, a curva da Covid-19 desviou-se de seu curso normal.

Atualmente, das 11 mil amostras processadas, a Guiné Equatorial registou um total de 1306 casos acumulados e mais de 275 recuperados. Perante estes números alarmantes, os especialistas acreditam que o levantamento prematuro do confinamento poderia levar ao descontrolo da pandemia no país.

Começaremos a falar sobre o relaxamento do confinamento em meados do mês de junho. O Comité Político decidiu que a partir de 15 de junho a atividade escolar será retomada, prosseguindo com as avaliações e exames finais para o ano académico 2019-2020. Da mesma forma, os vôos internacionais serão retomados.

No entanto, na quinta-feira, 4 de junho, um vôo especial será fretado para equatoguineenses retidos no Reino de Espanha. Da mesma forma, dois outros vôos com a trajetória de Malabo-Bata serão fretados, para que os cidadãos retidos nas duas cidades mencionadas retornem às suas cidades de residência.

A reunião desta sexta-feira serviu de plataforma para Nguema Obiang Mangue relatar o balanço do trabalho já realizado e o que resta  ser feito a nível do executivo de Malabo na luta pela contenção da Covid-19 na Guiné Equatorial .

Também se sabe que as camas para instalar nos centros polidesportivos, que servirão como zonas de isolamento para casos positivos, chegarão em datas não muito distantes.

- "O sucesso desta batalha não depende apenas do Ministério da Saúde, o maior trabalho é da próprisa população, por isso devemos ser responsáveis, respeitar e cumprir as medidas sanitárias de prevenção e combate à Covid-19", afirmou o Vice-Presidente.

Para além de 2 milhões de máscaras, que serão entregues ao Ministério do Interior para serem distribuídas à população, o Vice-Presidente da República Teodoro Nguema Obiang Mangue doará 20 cabines de saneamento, que serão colocadas nas entradas dos diferentes ministérios e aeroportos do país,

Nguema Obiang Mangue convidou todos os cidadãos afluentes a unirem-se à iniciativa para ajudar as camadas menos favorecidas nas suas jurisdições correspondentes.

https://www.guineaecuatorialpress.com/noticia.php?id=15516

  


«   »